Qualificaves: geração de renda com o bem estar animal | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Qualificaves: geração de renda com o bem estar animal

Os avicultores capixabas estão convocados a participar do terceiro módulo do Programa de Anual de Capacitação de Avicultores (Qualificaves Postura Comercial 2018), nesta quinta-feira (21), às 18h, no Cerimonial Majeksi, em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Estado. O convite vale para associados à Cooperativa Agropecuária Centro-Serrana (Coopeavi) e à Associação dos Avicultores do Espírito Santo (Aves).

O tema do encontro será “Ganhando Dinheiro com o Bem-Estar Animal”, com o palestrante Marcelo Surian Checco, gerente de assistência técnica da Hy-Line do Brasil. O especialista pretende mostrar as vantagens do mercado para produtos com esse diferencial a partir de práticas implantadas nas granjas para promover o bem-estar das aves.

“O bem-estar animal é uma tendência mundial. A palestra é uma oportunidade de os cooperados da Coopeavi se inteirarem sobre o assunto, uma vez que o mercado paga bem, com a contrapartida dos investimentos dos avicultores na produção”, afirma o veterinário da cooperativa, Tarcísio Simões.

O diretor executivo da Aves, Nélio Hand, destaca a relevância do encontro da Qualificaves. “Hoje existe uma tendência crescente por parte dos consumidores em procurar saber como os animais que produzem os seus alimentos são criados. Eles chegam ao ponto de dar preferência aqueles produzidos dentro do conceito de bem-estar”.

Hand salienta que o novo conceito de mercado para ovos não desmerece a produção convencional, tampouco a considera irregular. Segundo ele, a produção diferenciada segue toda a legislação vigente, mas aplica outras medidas, sempre visando a plenitude do plantel avícola de postura.

Oportunidade

O bem-estar animal agrega valor ao produto. “A produção com foco no bem- estar animal acaba tornando o custo mais alto, o que exige também do consumidor disposição para pagar mais por isso. E é nisso que estão as boas oportunidades de ganho aos produtores”, reforça o diretor executivo da Aves.

O primeiro passo é compreender a amplitude do conceito de bem-estar animal para muito além da criação das aves poedeiras fora da gaiola. “Além disso, o conceito inclui todo manejo e cuidado com a ave, o que confere também melhor desempenho do animal”, conclui Nélio Hand.

Vale lembrar que a Coopeavi é pioneira no Estado em rastreabilidade de ovos, todos os ovos da cooperativa possuem um código na casca, impresso com tinta comestível, que permite o consumidor ver a origem do produto e conhecer a família produtora.