Coopeavi adere ao Gestão de Desenvolvimento Humano | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Coopeavi adere ao Gestão de Desenvolvimento Humano

Cooperativas capixabas estão conhecendo a forma de utilização do software Gestão de Desenvolvimento Humano (GDH). O curso está ocorrendo com o apoio da unidade nacional do Sescoop e da organização estadual do Sistema OCB no estado do Espírito Santo. No total, seis cooperativas participam do treinamento que termina amanhã.

Durante a abertura da capacitação, o gerente de desenvolvimento cooperativista do Sescoop/ES, Rayner Santos, fez questão de frisar que a ferramenta gera maior agilidade no acompanhamento das informações relativas às ações realizadas tanto pela unidade estadual, quanto pelas cooperativas. 

Jociele Fioroti, da Coopeavi, considera que o sistema vem ao encontro de uma necessidade da cooperativa: ter informações mais compiladas, melhores acessos a controles e praticidade na realização de atividades cotidianas.

SAIBA MAIS – O GDH foi implantado pela unidade estadual do ES em 2015. O software permite realizar o planejamento das ações tanto de organizações estaduais quanto de cooperativas. Além disso, a ferramenta é capaz de administrar, acompanhar, organizar e consolidar as ações de treinamentos e de programas de formação e desenvolvimento social.

Atualmente, o GDH está sendo utilizado por nove unidades estaduais (GO, SP, RJ, ES, PB, BA, CE, TO e PR). Vale ressaltar que o Paraná é o grande responsável pelo desenvolvimento do software. Além destas unidades, até julho deste ano, outras quatro organizações estaduais serão contempladas com a implantação da ferramenta. 

SAIBA MAIS – Por meio do software Gestão de Desenvolvimento Humano (GDH), é possível gerar relatórios gerenciais e operacionais de ações realizadas tanto por cooperativas quanto por organizações estaduais. Além disso, o GDH também possibilita: 

- Maior segurança nas informações;
- Inserção e acesso ao Banco Nacional de Empresas e Instrutores;
- Cadastro dos beneficiários das ações desenvolvidas pelo Sescoop;
- Emitir relatórios de planejamento, execução, acompanhamento e controle;
- Maior agilidade na troca de informações entre Sescoop e cooperativa;
- Facilitar as atividades do dia a dia, tais como emissão de lista de presença e avaliação, lançamento de presença, tabulação de avaliações, etc.

ACOMPANHAMENTO – Além de implantar o GDH, a unidade nacional do Sescoop também realiza um intenso trabalho de acompanhamento da utilização do software junto às organizações estaduais. Desta forma, tem a oportunidade de dirimir dúvidas e de orientar sobre a forma mais adequada de uso da ferramenta, objetivando explorar todo o potencial dos dados contidos nela.

Fonte: OCB