Coopeavi forma 1ª turma do ES e contrata estudantes | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Coopeavi forma 1ª turma do ES e contrata estudantes


A Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) formou, nesta terça-feira (23), a primeira turma do Espírito Santo do programa “Aprendiz Cooperativo”. São 13 jovens que aprenderam sobre cooperativismo ao longo de um ano e três meses e deram o primeiro passo para seguir carreiras profissionais.

A parte teórica do programa teve início dia 4 de novembro de 2019, em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Estado. Vinte e dois estudantes matriculados regularmente no ensino médio e com idade entre 15 e 17 anos foram aprovados em processo seletivo. A seleção foi realizada pela Coopeavi juntamente com o Sistema OCB-ES e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) entre filhos de colaboradores e cooperados, além de moradores da comunidade.

Com carga total de 1.040 horas, o programa precisou se adaptar à quarentena quando se iniciaria a parte prática. Assim como boa parte das equipes da Coopeavi, os jovens aprendizes participaram das atividades em home-office. Gestores e especialistas apresentaram cada setor da cooperativa durante encontros on-line semanais.

“Isso foi positivo, porque os jovens acabaram conhecendo todas as áreas da Coopeavi, o que ajuda a abrir a mente para saber onde se encaixam conforme a vocação e pensar no futuro profissional”, destaca a assistente de Recursos Humanos da Coopeavi, Patrícia Canal.

Além dos encontros, a Coopeavi nomeou 12 “padrinhos cooperativos” para acompanhar as atividades. Segundo Patrícia, além da formação dos jovens, foi uma oportunidade de “trabalhar lideranças pensando no futuro da cooperativa”.  

Aproveitamento

E a primeira turma do programa “Aprendiz Cooperativo” tem muito o que comemorar. Dos 13 jovens formados, cinco foram contratados pela Coopeavi e outros três, por empresas parceiras da cooperativa. Um ótimo índice de aproveitamento no mercado de trabalho regional.

A mentora da turma, a professora instrutora de ensino e aprendizagem em serviços do CIEE de Santa Maria de Jetibá, Gabrielly Nascimento de Souza, avalia que o grupo pioneiro apresentou um nível elevado.

“É incrível como esses adolescentes têm intelecto avançado, além de maturidade e responsabilidade. Senti um grupo bastante participativo, dedicado e pontual, que levou a sério o programa. E mais ainda, jovens com visão de futuro e que sabem realmente o que querem. Espero que a próxima turma tenha o mesmo perfil”, diz.

Um novo processo seletivo com 23 vagas está em aberto para Santa Maria de Jetibá. A próxima turma a se formar será a de Nova Venécia, noroeste capixaba, com atividades previstas até abril deste ano.

A analista de Desenvolvimento Humano do Sistema OCB/ES, Bianca Rocha, espera que os estudantes difundam os princípios e valores do cooperativismo. “Mesmo com o desafio da pandemia no ano de 2020, conseguimos adaptar as atividades e continuar com o Programa Jovem Aprendiz Cooperativo. Essa turma da Coopeavi foi a primeira do estado, exclusivamente formada por jovens que trabalharam em uma cooperativa.  Esperamos que eles tenham vivenciando na prática o diferencial que é trabalhar em uma cooperativa e que, além de saírem com experiência e mais capacitados para o mercado de trabalho, levem consigo os princípios e valores do cooperativismo”.

Inspiração

O presidente da Coopeavi, Denilson Potratz, o vice-presidente, Argêo Uliana, e o diretor administrativo comercial, Ederson Jacob, participaram da solenidade de formatura da primeira turma na última terça-feira (23). Potratz ressaltou a que a cooperativa sempre ofereceu perspectivas de crescimento aos colaboradores, citando como inspiração o executivo corporativo da Coopeavi, Marcelino Bellardt.

“Marcelino começou aos 14 anos ensacando ração na fábrica e hoje é o nosso principal executivo. Ele abraçou a oportunidade e estudou para estar onde está. Que vocês levem esse exemplo com vocês seja aqui na Coopeavi, em outra empresa ou no próprio negócio de vocês”, disse o presidente aos jovens.