‘Dias de Fábrica’: transparência na atuação da Coopeavi | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

‘Dias de Fábrica’: transparência na atuação da Coopeavi

Eles começaram de forma tímida, mas não conseguiam ainda passar com exatidão ao consumidor o trabalho diferenciado por trás da qualidade das rações Coopeavi. Hoje, os “Dias de Fábrica”, realizados na fábrica de Baixo Guandu, contam com agenda mensal para os pecuaristas. E o resultado é mais transparência sobre a produção e maior divulgação dos produtos.

Inaugurada em 2014, a Fábrica de Rações do município é referência na produção de ração, suplementos minerais e proteinados para a nutrição de vacas, bezerros e novilhas. Inicialmente, os “Dias de Fábrica” atendiam apenas o público interno, com o objetivo de gerar confiança sobre as rações Coopeavi junto às filiais.

O zootecnista responsável pela linha de produtos para ruminantes, Felipe Tonn, explica que desde o primeiro evento a proposta era gerar bastante transparência junto aos cooperados sobre o processo produtivo da unidade.

“A gente sempre atuou para ter um produto competitivo, mas antes de tudo com resultado. No entanto, até o início dos ‘Dias de Fábrica’, o mercado não conseguia entender que se tratava de um trabalho diferenciado”, ressalta Tonn.

Nas últimas edições, o evento se converteu com foco no consumidor final dos produtos. De acordo com o zootecnista, a meta é levar até a Fábrica de Rações 15 produtores por mês, em vez de um número maior e um único evento.

Desde novembro passado, com exceção de janeiro, já foram realizados quatro “Dias de Fábrica”, atendendo pecuaristas de Fundão, João Neiva e Aracruz, no Espírito Santo, além de Ipanema e Conselheiro Pena, de Minas Gerais.

Os eventos são realizados pelos vendedores internos e oferecem condições diferenciadas aos cooperados para adquirirem toda a linha de nutrição animal à disposição.

“A ideia é criar um choque no produtor rural sobre o trabalho existente até o saco de ração chegar na ponta consumidora. No formato atual, damos protagonismo a quem trabalha nos bastidores, dentre coordenadores, profissionais responsáveis pela qualidade e também do recebimento e despacho de matéria-prima”, explica Tonn.

Os próximos “Dias de Fábrica” estão previstos para receber produtores capixabas de Barra de São Francisco, Muniz Freire, Linhares, Montanha e Nova Venécia e mineiros de Galileia, Caratinga e Governador Valadares.