Coopeavi entre as 200 maiores do ES e 400 do agro nacional | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Coopeavi entre as 200 maiores do ES e 400 do agro nacional

Na comemoração dos 54 anos de atividade, a Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) comemora mais uma vez a posição de prestígio no ranking das 200 maiores e melhores empresas do Espírito Santo (Instituto Euvaldo Lodi- IEL) e das 400 maiores do agronegócio nacional, divulgado pela Revista Exame.
O ranking da IEL, parte do Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), classificou as empresas pela receita operacional bruta (ROB) do ano de 2017, além do desempenho segundo diversos indicadores econômicos, contábeis, financeiros e sociais. No geral, a receita das empresas cresceu 12% no ano passado, considerado ano de desafios.
A cooperativa se manteve entre as 50 primeiras do levantamento, sendo a quinta colocada entre as maiores e sexta entre as melhores do comércio varejista. A publicação foi lançada no último dia 22 de agosto, durante o Fórum IEL de Gestão, em Vitória. 
Para o presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, os números restauram a confiança do empresário capixaba. “Os capixabas fizeram seu dever de casa. Soubemos absorver o impacto de anos áridos, com queda acentuada no PIB desde 2015, as restrições de crédito, a inadimplência e a imprevisibilidade institucional e política. As empresas souberam se reinventar”, enalteceu Castro.

Anuário Exame
Já o prêmio “Melhores e Maiores 2018” da Revista Exame, publicação da editora Abril, é considerado o anuário mais respeitado do mercado corporativo brasileiro. A avaliação considerou indicadores como crescimento, rentabilidade, saúde financeira, investimento, entre outros pontos, que refletem o sucesso na condução dos negócios e na disputa de mercado.
O vice-presidente da Coopeavi, Denilson Potratz, revela o segredo do sucesso da cooperativa. “A Coopeavi trabalha unida para colocar em prática o propósito do cooperativismo, que é o de transformar o mundo em um lugar mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos”.
Ainda segundo Potratz, em mais de 50 anos de caminhada, a cooperativa evoluiu e seguiu fortalecendo os seus mais de 12 mil associados. “São agricultores que mantêm vivo o espírito da família no campo. Isso é ser sustentável, é agregar valor, é ser cooperativista”, finaliza.

Crescimento
No ano passado, a Coopeavi registrou crescimento no faturamento nas operações de comercialização com os cooperados (5,4% em relação a 2016), fechando 2017 com a receita líquida de R$ 323,1 milhões e apurando um resultado de R$ 4,6 milhões.
Deste montante, 50% foram devolvidos para os produtores em forma de crédito para aquisição de insumos nas lojas Coopeavi, e a outra metade, integralizada diretamente na conta capital do cooperado.
Merece destaque ainda a evolução do quadro social da cooperativa, que cresceu 7,2% com o ingresso de 818 novas famílias de produtores rurais entre os associados, fechando o ano com um total 12.207 cooperados.