Coopeavi apresenta bons indicadores financeiros | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Coopeavi apresenta bons indicadores financeiros

Com 12.207 associados, a Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi), de Santa Maria de Jetibá, região serrana do Espírito Santo, vem retomando a evolução dos indicadores. A liquidez corrente, indicador que mostra a capacidade de pagamento a credores no curto prazo, manteve-se positiva, marcando R$ 1,12. Já a liquidez geral, que trata das obrigações no longo prazo vem evoluindo desde 2015, chegando a R$ 0,98, um crescimento de 4,2%.

Contudo, vale destacar a redução do prazo médio de renovação de estoques que atingiu 49 dias, 9,2% inferior a 2016, que contribuiu significativamente para reforçar o caixa da cooperativa e a evolução do patrimônio líquido, que continuou crescendo, fechando o ano em R$ 75,8 milhões.

Outro indicador financeiro favorável à Coopeavi é o Ebtida, que representa quanto uma empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem contar impostos, depreciação e outros efeitos financeiros. Em 2017, a cooperativa fechou o ano com R$ 15,1 milhões de Ebtida.

Para o presidente da cooperativa, Arno Potratz, o controle da inflação e a volta do crescimento, aliados ao fim da crise hídrica, fizeram os negócios respirarem mais aliviados. “Durante o período de crise, buscamos as melhores oportunidades para os nossos associados. Mantivemos o resultado operacional na faixa dos R$ 15 milhões, reduzimos significativamente o giro de estoque, o ciclo financeiro e a dívida líquida, trazendo dinheiro para o caixa da cooperativa”, destacou Potratz.

Para 2018, a Coopeavi deve retomar as ações de investimento para voltar a crescer de forma sustentável. “Esperamos o momento oportuno para agregar mais negócios para a cooperativa crescer e acompanhar o crescimento dos cooperados”, afirma o vice-presidente da cooperativa, Denilson Potratz.