Lideranças da Coopeavi vão à Europa aperfeiçoar gestão | Coopeavi

Acesso rápido:

Índice

Lideranças da Coopeavi vão à Europa aperfeiçoar gestão

De 30 de abril a 13 de maio, representantes capixabas de cooperativas agropecuárias (4), crédito mútuo (5) e OCB/ Sescoop- ES participarão de visitas técnicas e cursos na Alemanha, Holanda, Bélgica e França

A Cooperativa Agropecuária Centro-Serrana (Coopeavi) estará representada na comitiva de lideranças capixabas que embarca, no próximo dia 30, para complementar um curso de gestão em cooperativismo na Europa. O objetivo é identificar boas práticas em cooperativas agropecuárias na Alemanha, Holanda, Bélgica e França.
Coordenada pela Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/ES) em parceria com o Instituto Superior de Administração e Economia (Isae / FGV), do Paraná, a viagem segue até o dia 13 de maio com a participação de 27 capixabas. No ramo agro, além da Coopeavi, participam a Cooabriel, Veneza e Selita.
Segundo o analista de desenvolvimento humano da OCB/Sescoop - ES, Marcos Vinícius Martins dos Passos, um dos organizadores da comitiva, a viagem prevê visitas a cooperativas que são referências mundiais. “Vamos conhecer os modelos de gestão mais eficientes, como ocorre a implantação do planejamento estratégico, além das estruturas de governança nas cooperativas de crédito”, disse.
O vice-presidente da Coopeavi, Denilson Potratz, fará parte da missão na Europa. Para ele, a experiência naquele continente é bastante válida para a cooperativa. “A ideia é trazer novidades que tenham aplicação na nossa realidade e também compartilhar essas informações com colegas de outros ramos do cooperativismo.”
Roteiro
A viagem começa na cidade de Bonn (Alemanha). No país fica a sede da DGRV, que seria a OCB alemã; e a DMK, a maior cooperativa de laticínio da Alemanha. A primeira etapa da viagem também inclui capacitação na ADG, instituição de ensino focada na formação de líderes para cooperativas, onde são aplicados diversos programas para cooperativas europeias e do mundo inteiro.
Após a Alemanha, a comitiva segue para a Holanda, onde vai conhecer a Federação das Cooperativas Financeiras; e depois Bruxelas (Bélgica), sede da Confederação das Cooperativas Agropecuárias belgas. Na última etapa, na França, duas cooperativas e a sede da Embaixada do Brasil estão no roteiro.
“Essa etapa internacional é a segunda parte do curso de oito módulos abordando diversos temas relevantes para as lideranças. A partir da viagem, o objetivo é identificar boas práticas de gestão de cadeia produtiva e implementar ações dentro das nossas cooperativas”, explica Marcos Vinícius.

Fonte: Coopeavi