Coopeavi | Avicultura, Café e Ração Animal

Acesso rápido:

Consultoria Técnica

Selecione uma área:

Hormônios na Produção Avícola

Autor: Araújo, Agostinho, Oliveira e Ton

Há décadas a falsa informação sobre o conteúdo de hormônios na carne de frango vem povoando o imaginário do consumidor. É grande o número de pesquisas a respeito do assunto, sendo que nenhuma delas provou eficiência na utilização de tais hormônios como promotores de desempenho na avicultura industrial. Apesar da grande quantidade de informação técnica a respeito do assunto, dificilmente esta chega ao conhecimento do grande público, inclusive profissionais da saúde humana.

Pesquisadores também são motivados a realizar pesquisas que comprovem a existência de tais resíduos na carcaça destes animais, no entanto, suas buscas são infrutíferas.

Devido a estes fatos, se torna necessária a reunião de todo o aparato técnico-científico a respeito de um assunto tão polêmico e controverso como este. Portanto, conclui-se que a utilização de hormônios exógenos na criação de frangos de corte é ilegal e inviável, tanto tecnicamente quanto economicamente. O mito da existência de resíduos hormonais é disseminado intensamente na população brasileira, sob difícil reversão.

Através da reunião de informações de cunho científico, e principalmente a sua correta divulgação, é possível a construção de um trabalho a longo prazo, a fim de elucidar este equívoco. É preciso, portanto, esforços não só da imprensa especializada, como também dos meios comuns de comunicação no intuito da divulgação de informação de qualidade embasada em fatos científicos.


Clique aqui e leia o artigo completo de Wagner Azis Garcia de Araújo, Tarcísio Simões Pereira Agostinho, Will de Oliveira, Nielton Cezar Ton.

Confirme seu CPF para validar seu voto: